Perdão, Senhor,
Por toda raiva que deixei escapar
pelo rancor no meu peito a gritar
e pela cólera que não fui capaz de evitar

Perdão, Senhor,
Pelos tropeços sofridos
pelos erros cometidos
e pelas sonhos partidos

Perdão, Senhor,
Por quando desapontei quem eu amo
pelas vezes que magoei um ser humano
e por todos que causei algum dano

Perdão, Senhor,
por não escutar minha intuição
por escolher uma equivocada opção
e por quando peguei um caminho de perdição

Perdão, Senhor,
pelas promessas que deixei de cumprir
por tomar em vez de pedir
e pelos momentos em que optei por mentir

Perdão, Senhor,
Por ter desacreditado em quem tinha valor
pelo o próximo julgar sem pudor
e por quando meu preconceito causou dor.

Perdão, Senhor,
Pelas vezes que virei as costas em vez de ajudar
por quando fui egoísta em só em mim pensar
e não me importei em a dor do outro curar.

Perdão, Senhor,
Por quando a alguém prejudiquei
pelas injustiças que no mundo causei
e todas as vezes que por teimosia eu falhei

Perdão senhor
Pelas vezes que falei o que devia calar
ou machuquei quem me incumbia cuidar
e me afastei quando precisava amar.

Perdão, Senhor,
Quando para o medo perdi,
a tristeza de mim não deixei partir
e pelas vezes que tive de ir mas desisti.

Perdão, Senhor,
Por quando em mim não fui capaz de acreditar
pelas oportunidades que deixei escapar
e pelo tanto amor que me neguei a dar.

Perdão, Senhor,
Se à minha família causei algum tormento
Se a minha alma eu comprometi em algum momento
apenas lhe peço que perdoe, meu Deus,
este meu espírito em desenvolvimento.

Amém.

RECOMENDAMOS


Luciano Cazz
"Luciano Cazz é comunicador social, ator, roteirista, estudante de psicanálise e autor do livro A Tempestade depois do Arco-íris."" @inspirandoluz

COMENTÁRIOS