A discussão de cor e raça no Brasil tem se tornado bastante comum nas conversas das pessoas e na mídia no geral, pelo grave fato do racismo ainda ser algo realmente presente na cultura e comportamento geral da população

Nabby Clifford, americano que mora no Brasil há mais de 30 anos, nos dá algo pertinente para pensar, será que ainda é certo chamar alguém de negro hoje em dia? Pelo peso histórico e as próprias referências ao negro ser relacionado à coisas negativas em nossa cultura, talvez seja algo a se prestar mais atenção.

A cor de pele, especificamente antes de ser pele, é cor, então porque realmente não chama-la pelo nome da cor?

O trecho foi retirado do Documentário Idioma Desconhecido, produzido por José Marque de Carvalho JR Veja o documentário completo clicando aqui.

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS