Ser mãe é lindo, mas nem tudo são flores

0
25586

Via Mulheres bem resolvidas



Ser mãe é lindo. Você ama o seu filho e provavelmente o nascimento dele foi uma das experiências mais importantes da sua vida, mas aqui você pode ficar livre para dizer que nem tudo são flores… Há dias que você tem vontade de gritar e chorar porque não tem mais tempo para si mesma, não consegue mais fazer as coisas simples do cotidiano. É como se a mulher que você era antes do nascimento não existisse mais e no lugar dela ficou uma criatura que se sente desafiada todos os dias e às vezes impotente ou incapaz. Sim, mulherada, ser mãe é lindo, mas cansa. Eu que o diga, com quatro meninos em casa e um divórcio no meio… Por isso, no post de hoje, eu trouxe umas dicas que podem te ajudar a sair dessa situação e voltar a ser a mulher de antes.

Inline

Muitas mulheres, mais do que você imagina, passam pela mesma situação que você: elas estão exaustas e sobrecarregadas. É que a maternidade, especialmente em seus primeiros anos, é desgastante. Ser mãe é maravilhoso, sem dúvida, mas é cansativo. Privação do sono, você se dividindo entre o trabalho e a maternidade, e outros fatores do relacionamento conjugal (que vamos combinar, fica um pouco de lado), podem levar as mães a ficarem desgastadas.

Dicas para mães cansadas

Aprenda a delegar

Nós não somos super-mulheres. Não usamos uma capa nas costas. Não somos perfeitas. Há pessoas ao nosso redor que podem nos ajudar. O pai pode trocar uma fralda. Pode também dar um banho, vestir a criança, colocá-la para dormir, dar uma mamadeira às três da manhã e permitir que a mãe descanse. A mãe, avó ou alguém que você confia pode ficar com seus filhos uma tarde. Nós não somos as únicas que sabem como fazer as coisas “direito”.

Uma boa dica é obter uma rede de apoio. A maternidade é mais suportável quando há um círculo de confiança para ajudar. Busque construir seu círculo.

Priorizar

Há coisas que podem esperar, por exemplo, ter a casa impecável. Sério, esqueça a ideia de lustrar as mobílias quando você tem filhos. Com as crianças, a sua casa nunca mais será a mesma de antes. Você arruma, eles desarrumam. É impossível combinar as crianças com uma casa imaculada.

Tire um tempo para si mesma

Vá ao parque para uma caminhada. Assista a uma aula de yoga. Tome um café com aqueles amigos que você não vê há algum tempo. Por que nós  mulheres achamos que os amigos desaparecem quando nos tornamos mães?

Saia um pouco da sua zona de conforto e marque alguma coisa com seus amigos. Faz bem. É justo e necessário. É saudável e terapêutico. E é grátis!

mãe sair com os amigos

Mãe, jogue seu orgulho no lixo

Cada vez que você se compara com outras mães e imita o que elas fazem para mostrar que você também pode, é o orgulho. Toda vez que você prefere não pedir ajuda por medo de parecer fraca, é orgulho. Orgulho e a teimosia são uma das  coisas que mais desgastam o corpo de uma pessoa e não vão fazer de você uma mãe melhor.

Seja gentil com você mesma

Você vai cometer muitos erros com seus filhos e isso é bastante normal, não julgue a si mesma ou coloque-se em um padrão impossível de cumprir. Você não precisa agradar ninguém. Tente desfrutar seus filhos e não vê-los apenas como uma responsabilidade que faz você se sentir deprimida e com um peso enorme.

Ensine seus filhos a não depender de você

Dê aos seus filhos a oportunidade de serem responsáveis, independentes e de cuidarem de si mesmas. Peça também para eles te ajudarem na rotina de casa (se tiverem idade). Em algum momento vocês foram o mesmo corpo, mas agora são duas pessoas independentes e entender isso será excelente para o desenvolvimento deles.

mãe

Ouça seus sentimentos

Não ignore suas emoções, se você se sentir triste ou sobrecarregada, permita-se sentir. Não perca o contato com você mesma e, se necessário, procure ajuda profissional para manter a sua saúde emocional equilibrada.

Peça ajuda

Eu sei que isso pode parecer óbvio, mas quantas de você não quis pedir ajuda quando precisou? Às vezes, as mães podem ser muito orgulhosas para pedir ajuda, parece que se não fizermos tudo sozinhas, não são boas mães. Ponha na sua cabeça você não pode – e nem deve – fazer tudo sozinha.

Faça exercícios

Provavelmente muitas de vocês estão revoltadas pensando “estou cansada e a louca me manda fazer exercícios!”. Pois experimente e me diga depois o que achou. Fazer exercícios de forma regular aumenta nossas energias, nos permite estar sozinhas com nossos próprios pensamentos, nos dá um descanso dos filhos e ainda nos ajuda a liberar o estresse. Eu asseguro que, depois dos exercícios,você vai se sentir mais disposta, feliz  e melhor com você mesma.

Foi assim que aconteceu comigo. A partir do momento que eu percebi que deveria investir em mim, procurei algo que eu gostava de fazer, que é dançar. Comecei a fazer aulas de dança e isso aliviou muito o peso da responsabilidade e o estresse que eu sentia por estar no meio de um divórcio com dois filhos pequenos.

catia damasceno mãe

Coma bem

Isso é bem óbvio, mas muitas vezes esquecido pelas mamães que chegam em casa. Quando terminam as mil coisas que têm pendentes, estão tão esgotadas que comem qualquer coisa que tenha na geladeira ou a metade da comida que seu filho deixou. O problema é que dessa forma você não se alimenta como deve e consequentemente não tem os nutrientes que necessita para manter o nível de energia e aí qual o resultado? Você fica ainda mais cansada.

Delimite suas horas de trabalho

Se você é uma dona de casa, corte suas horas de trabalho, já que é comum que o trabalho nunca termine. Se você trabalha fora, não leve trabalho para casa. Quando termina a jornada de trabalho, ela só deve ser retomada no dia seguinte.

Quando a carga de trabalho é excessiva, há uma propensão a cair em depressão ou adquirir a Síndrome de Burnout (esgotamento físico e mental progressiva, irritabilidade, ansiedade, fadiga crônica ou isolamento).

Não negligencie da aparência pessoal

Cuidar da aparência contribui para sua autoestima. Deixar de cuidar de si mesma pode levar a transtornos depressivos e com eles o ganho ou a perda de peso. Os exercícios em grupo, com amigos, ou até mesmo com os filhos, podem ser uma grande ajuda, pois produzem endorfinas, que causam felicidade. Ou então, uma tarde por mês no salão de beleza pode se tornar uma verdadeira terapia.

Varie a rotina com novas distrações

Ter tempo livre com as crianças é fundamental. Se tendem a ficar em casa nos fins de semana, você pode mudar a rotina e ir ao cinema, andar de bicicleta ou almoço em restaurantes diferentes.

Se você ficar em casa, você também pode fazer diferentes atividades, tais como: fazer cookies, fazer trabalhos manuais que goste, como pintar, praticar ioga com seus filhos, ou ter seus próprios rituais de beleza com sua filha.

Tempo para o casal

Antes de ser mãe, você é uma mulher que precisa se sentir amada. Quando tiverem um tempinho, quando as crianças estiverem com a babá ou dormindo, esqueça as preocupações e desfrute o tempo com seu parceiro. Isso vai ajudar a ter mais felicidade e energia para lidar com as tarefas que recomeçam no dia seguinte.

Faça do seu jeito

O mais importante é: não se julgue. Permita-se mostrar sentimentos maternos um pouco diferentes. Tenha permissão para se sentir cansada, saturada, preocupada, confusa… Coisas que vão muito além da alegria de ser mãe. Tenha ainda a permissão de se expressar livremente sem pensar sobre o julgamento dos outros.

mãe

Cada um vive a sua própria maternidade, não há regras fixas, simplesmente busque o equilíbrio. Procure reconhecer e apreciar os momentos bons e ruins. Tudo o que acontece serve para crescer e avançar, por isso que é tão importante dar-se permissão para viver cada um deles

Via Mulheres bem resolvidas

Anúncios