No vídeo abaixo algumas certezas sobre sucesso são questionadas. Jay Shetty, o influenciador que já viralizou mais de 1 bilhão de visualizações em seus vídeos, concluiu que somente uma vida com significado, e que seja capaz de impactar outras pessoas, terá sido verdadeiramente bem-sucedida. De forma semelhante pensa o brasileiro Mino de Oliveira, autor do livro “Realizo, Logo Sou”. Para o escritor uma vida plena só pode ocorrer se a pessoa realizar.


“Aprenda a criar significado, descubra o seu propósito de vida, e, principalmente, aprenda como impactar e fazer a diferença na vida de outras pessoas” é o conselho do influenciador Jay Shetty e do escritor Mino de Oliveira. A Realização é o verdadeiro sentido de sucesso na nova economia colaborativa. O autor Mino de Oliveira diferencia no seu livro o conceito de Trabalhar (Fazer) X Realizar (Ser). Conceitos do livro como Normose (a patologia da normalidade); Síndrome do Vazio Interior; Homo bossalis e Relevância são utilizados para instigar o leitor a resgatar sua realização.

Inline

Jay Shetty que viveu como monge por 3 anos e se dedicou à várias causas filantrópicas, hoje é um dos maiores criadores de conteúdo viral nas redes e considera que sua missão é disseminar conhecimento. Atualmente Jay está com o movimento “Making wisdom go viral” que em tradução livre seria “Tornando a sabedoria viral”. Mino de Oliveira, que superou a síndrome do Vazio Interior, por sua vez, emplacou o “Movimento da Realização” e afirma que sua missão é evitar que outras pessoas passem pela angústia que ele passou e por isso escreveu o livro: “Realizo, logo Sou”.
Segundo o escritor brasileiro “em geral, as pessoas veem a conquista de terceiros e sentem-se impotentes para tal missão ou curtem o sonho com o chapéu alheio. Muitas acabam seguindo os exemplos vistos na TV e desistem de lutar por sua realização. Esses seguidores, não têm a menor ideia de qual é o seu propósito, e a maior parte deles tem propósitos simplesmente fugazes, inócuos e sem relevância. Este é o motivo da apatia” e continua:
“Essa situação deixa todos desmotivados, apáticos, infelizes, de cabeça baixa, transferindo a realização para ter filhos, casa, telefone… e como nada é permanente, não somos donos de nada, sofremos muito. O pior de toda essa encenação na TV é que somos corrompidos pelas imagens, levados a correr atrás de sonhos meramente mundanos, de posse. Praticamente toda a população do planeta está atrás desses sonhos mostrados na TV, e o resultado que vemos são só agressões, só competição, só sexo, tempo e dinheiro”.
Mino de Oliveira conclui que sua missão é a de “provocar a reflexão, debater, promover leitura e incitar outras pessoas a realizar a sua própria mudança”.

Meditar e acalmar o racional é o início da jornada que, com muita coragem e persistência, pode levar o leitor a resgatar a sua Realização, é a recomendação do escritor no livro @realizologosou.

Veja o vídeo aqui!