Qual é a sensação de estar morto?

0
828

A morte é um dos grandes mistérios na vida do ser humano. Algo que foge quase que completamente do controle e praticamente não se sabe nada do outro lado. ( Até porque ninguém voltou para contar história, e espero que continue assim ou teremos que fazer um post sobre “zumbis” aqui.)



Um estudo realizado com mais de mil pessoas que passaram por paradas cardíacas mostrou que cerca de 50% dos pacientes se lembraram de algo ocorrido durante o período de parada cardíaca, mas muitas destas experiências são assustadoras, ou envolveram lembranças de eventos reais (de um período em que pensava-se que a pessoa estava morta).

Inline

Pesquisadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, estudaram 2.060 pacientes que enfrentaram paradas cardíacas e voltaram à vida. Eles concluíram que as pessoas ainda conseguem ver e ouvir – mesmo quando estão “mortas”.

O que as pessoas que “morreram” dizem?

Muitas pessoas que passaram por paradas cardíacas compartilharam suas experiências online – com uma discussão popular sobre o assunto no site de perguntas e respostas Quora.

O aspecto que une muitas das experiências – tanto de pessoas religiosas quanto não religiosas – é uma sensação de calma.

Barbara escreveu: “Embora eu pudesse ouvir perfeitamente – o som do monitor quando meu coração parou, o início do procedimento de reanimação, todos falando ao mesmo tempo – eu não tinha nenhuma outra sensação.”

“Enquanto eu afundava na inconsciência, eu me sentia muito calma, relaxada, sem a necessidade de respirar, sem motivo para me alarmar, sem sentir nenhuma dor, totalmente em paz. Tudo ficou escuro nos cantos do meu campo de visão, até que havia apenas escuridão.”

Terrance escreveu: “Eu tive uma experiência. Não havia uma luz clara. Jesus não apareceu. É apenas uma aceitação da realidade, um fim definitivo, como terminar um livro. Eu senti a vida escapando, fui ficando muito cansado, e só conseguia pensar nas coisas que não tinha conquistado.”

Aaron escreveu: “Há muitos anos eu tive uma parada cardíaca no pronto-socorro. Meus sentidos me deixaram, um por um. A primeira coisa que desapareceu foi o tato, seguido pela audição. A última foi a visão, deixando-me com um campo completamente branco, e pensamentos que pareciam estar cada vez mais longe uns dos outros.

 E o que realmente acontece no cérebro no momento da morte?

A atividade cerebral costuma aumentar repentinamente quando um corpo morre – levando a um estado de hiperatividade neural.

Alguns pesquisadores acreditam que esta é a razão por trás das experiências de quase-morte.

American Chemical Society diz: “Nos primeiros segundos, a última porção de oxigênio presente no corpo se esgota, e a atividade cerebral aumenta.”

“Estudos recentes mostraram que neste momento o cérebro pode entrar em um estado de hiperatividade perceptual neural.”

Veja o estudo completo aqui

Anúncios